quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

REALITY shows


O QUE faz você parar para contemplar uma pintura? O que faz com que você ache uma música realmente bonita? O que um livrou ou filme precisa ter para prender sua atenção? Normalmente, nós achamos belo e bem feito aquilo que representa as coisas belas da criação: tanto as visíveis, como as invisíveis, como o amor, a alegria, a paz.
Às vezes, a história do livro pode não ter um final feliz e a pintura no quadro ter somente cores escuras, mas aprendemos a gostar dessas obras pela verdade que elas nos passam e porque elas nos ajudam a nos conhecer e a chegar mais perto de Deus.
Na Bíblia, por exemplo, encontramos várias histórias tristes e feias, histórias de guerra e traição, mas que sempre nos levam a identificar o caminho do bem e da felicidade.
Nossa televisão, no entanto, parece ter esquecido essa missão de tornar o ser humano melhor. Os donos das emissoras, em seu anseio por conquistar mais dinheiro por meio da publicidade, jogaram fora os programas alegres, artísticos e inteligentes, substituindo tudo por programas que desprezam a imagem do ser humano.
Os ‘reality shows’ são um exemplo desse tipo de programação anti-gente. Nesses programas, os participantes são vistos fazendo fofocas, deixando o corpo à mostra em danças sensuais, traindo colegas por dinheiro e até tendo relações sexuais com pessoas praticamente desconhecidas.
Pessoas são expostas como animais em uma jaula. É triste obervar como às vezes o comportamento dos participantes começa a se assemelhar ao dos bichos, na tentativa de ganhar o dinheiro que é oferecido. Mas será que não há também um grande desejo de ser amado por quem está do lado de fora?
São programas que parecem inocentes, mas destroem os valores que sustentam as famílias, as amizades, os namoros e a religiosidade.
Com certeza, não é essa a vontade do Pai para nós. Deus nos quer livres, com domínio sobre os nossos instintos. Ele quer fazer de nós homens novos, que aspirem aos mais belos e nobres ideais. Homens que sejam realmente capazes de amar.
Não seria perda de tempo assistir a algo que influencia negativamente nossa vida? Precisamos lembrar que ‘a boca fala do que o coração está cheio’ (Lc 6,45). Com o que você tem preenchido seu coração?
(Jornalista Thais Ferreira da Veiga, revista ‘O Milite’, maio 2010).


PENSAMENTO do dia:

"A MENTIRA roda pelo mundo antes mesmo de a verdade ter tido tempo de vestir as calças.' WINSTON Churchill



LOUVADO seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADO por comentar e volte sempre ao BLOGUE do Valentim!