segunda-feira, 21 de março de 2011

E O OSCAR vai para...


do BLOG do DJ Leão

‘... Começa o filme com o garoto me entregando // um telegrama do Arizona, onde um bandido de lascar, // um bandoleiro transviado que era o bamba lá da zona // e não deixava nem defunto descansar...’


NOS ANOS 1970 de minha juventude faziam enorme sucesso entre nós os filmes de bang-bang, bandido e mocinho, faroeste... , fartamente explorados pela indústria hollywoodiana e até pela italiana, como os tais Western Spaghetti, que só mais tarde descobri (até então pra mim era tudo americano). A letra é de uma música, um samba de breque cantado por Moreira da Silva, o Kid Morengueira, com o título ‘O Rei do Gatilho’. O humor sempre foi uma característica marcante do brasileiro, fazendo piada de tudo, até mesmo das situações mais adversas da vida.

SIM, SENHORES, a invasão cultural americana é cada vez mais visível a olho nu, deixando para nós nem sempre heranças boas. Estão aí hoje os Máicon, os Elvis e os Uóchinton da Silva a não me deixarem mentir.

O mundo sempre foi e sempre será assim, prevalecendo o mais forte. Enquanto houver na face da terra duas pessoas, uma delas mandará e a outra dirá amém, com a palavra os historiadores, sociólogos e outros expertos. O império romano foi o maior deles, dominando o mundo por séculos e influenciando a humanidade até os dias de hoje.

A primeira grande guerra representou para o planeta Terra um grande divisor de poderes, com a hegemonia mudando das mãos do Reino Unido para as dos yanques. Até então a dona Inglaterra era quem ditava as regras, dando as cartas; era o inglês, donos do império onde o Sol jamais se punha, quem mandava e desmandava no mundo.

Como grande herança cultural deixada pela velha Inglaterra vitoriana, recebemos o futebol da bola redonda. Para a sorte nossa, os americanos somente chegaram aqui depois que o grande esporte bretão já estava entre nós implantado, em vias de consolidação. Felizmente.

Já pararam para pensar no assunto?

Ao contrário da Europa, há dois esportes que não se popularizaram nos Estados Unidos: São eles o futebol (o nosso, da bola redonda) e a fórmula 1. Há males, porém, que vêm para o bem. Não fosse a dominação cultural inglesa da época, em vez de com a redondinha, estaríamos hoje jogando com esta outra:


AINDA bem, porque eu não consigo me imaginar assistindo na tevê, domingo à tarde, uma sensacional partida entre o São Paulo Bulls vs. Rio de Janeiro Bears. Estranho, né! Obrigado, velha Inglaterra!

Sou contra a dominação cultural, sobretudo aquela que invade nosso terreno, inibindo a preservação das coisas do tempo dos nossos avós e que não cultivamos hoje. Mas não posso tapar o sol com a peneira e fazer de conta que ela não existe. Seja na esfera mundial, com Estados Unidos à frente; na esfera nacional, com tudo o que ocorre em São Paulo e no Rio de Janeiro fazendo a cabeça da galera; ou até mesmo a nível regional, ela nos acompanha a onde quer que se vá. Ou vocês acham que uma cidade como Belém não interfere culturalmente nas outras circunvizinhas? Todos nós, em grau menor ou maior, sofremos alguma influência externa. É por isso que tem assim de cearense torcendo para o Flamengo, e não para Ceará ou Fortaleza; matogrossense torcendo para o Corinthians ou Santos desde criancinha, catarinense gremista ou colorado, em vez de prestigiar o Avaí, Figueira, Joinvile...

‘...ele atirou, eu atirei e nós trocamos tantos tiros // que até hoje ninguém sabe quem morreu. / Eu garanto que foi ele, ele garante que fui eu // só sei dizer que a mulher dele hoje é viúva // que eu nunca fui de dar refresco ao inimigo / / como no filme bang-bang vale tudo o casamento da viúva foi comigo // ( tem um final, mas o final é meio impróprio e eu não digo // volte na semana se quiser ser meu amigo // eu de cowboy fico gaiato, mas não fujo do perigo)’


Mas, e sobre esse tal de Oscar? Melhor deixar pra lá, como diz Gilberto Gil.

PENSAMENTO do dia:

'FELICIDADE é a certeza de que nossa vida não está se passando inutilmente.' Érico Veríssimo

Fiquem com Deus e...


LOUVADO seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADO por comentar e volte sempre ao BLOGUE do Valentim!