segunda-feira, 13 de junho de 2011

CADA LOUCO com a sua loucura

NESTE MUNDO há louco para tudo. É o que venho me repetindo e constatando a cada dia. Agora mesmo no site espanhol Notícias Loucas vejo um inglês que decidiu contratar um humorista para contar piadas às vacas. Para analisar as alterações de humor dos herbívoros. Falta do que fazer. Tanta coisa mais útil para se gastar o dinheiro.

Li também sobre uma milionária norte-americana que decidiu contemplar sua cadelinha com uma herança de nada mais nada menos que 12 milhões de dólares. Agora, que a cachorrinha morreu de velhice, todos perguntam: para quem fica o dinheiro que restou? Enquanto isso milhões de pessoas com fome no mundo. Talvez seja daquelas pessoas que de tanto conhecer os humanos mais se afeiçoam a seus cães.

Não é só. O outro dia postei aqui sobre um russo que, para demonstrar coragem e obter boa sorte, pediu a um amigo (que amigo, hein!) que o enterrasse vivo. Não deu certo, e acabou morrendo. Choveu e a chuva obstruiu os dutos que tinha instalado no caixão improvisado para lhe permitir a respiração. Dizer o quê? Coisa de louco, maluco varrido mesmo. Tenho pena da família, e mais ainda de um filho pequeno que deixou órfão.

É verdade que o maluco de hoje não é mais aquele 'Napoleão' clássico. A loucura é cada vez mais criativa. Uma vez vi um morador de rua que imaginava dirigir um veículo. Ia ele emparelhado com os ônibus, parando ao sinal vermelho, e fazia os respectivos de gestos de manejar o volante, trocar as marchas e pisar no freio. Eu mesmo outra vez tive de lidar com um, procurando sempre as palavras certas para que o homem não se enfurecesse. Foi preciso muita luz.


O que eu acho mesmo é que as pessoas estão afastadas cada vez mais de Deus. Daí para a loucura é um passo apenas.

LOUVADO seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADO por comentar e volte sempre ao BLOGUE do Valentim!