quinta-feira, 18 de agosto de 2011

BRASILEIRO é tão bonzinho!!

por Luiz Carlos Azenha 

Kate Lira: Brasileiro é tão bonzinho!
A atriz Kate Lira, com sotaque americano, dizia isso num programa de humor da TV: “Brasileiro é tão bonzinho”. 

Ela supostamente não entendia a malandragem dos brasileiros, que agradavam a loira de belas formas com segundas intenções. 

Mas a malandragem, como sabemos, é deles. 

Walt Disney inventou o Zé Carioca em 1943, em plena Segunda Guerra Mundial, como parte da política de boa vizinhança de Washington. 

Não bastou para garantir a base aérea de Natal, essencial para o abastecimento das tropas aliadas na África, mas nos dá a medida da importância política da cultura. 

Hoje Hollywood continua sendo uma das indústrias mais vibrantes dos Estados Unidos. A Índia tem Bollywood. A Nigéria, Nollywood. 

O entretenimento será um setor cada vez mais rentável da economia. 

Produzir filmes e programas de TV não significa apenas promover a cultura brasileira, mas também a possibilidade de ampliar o mercado para nossas emissoras e produtoras independentes em direção a Portugal, Angola e Moçambique. 

No entanto, quando o Congresso aprova um projeto que exige três horas e meia de programação semanal produzida no Brasil no horário nobre das tevês a cabo, o que equivale a meia hora por dia, tem gente que estrila contra o que seria “dirigismo” estatal. 

Ou seja, Hollywood nem precisa gastar fazendo lobby no Brasil, que os próprios brasileiros fazem lobby de graça para Hollywood. É por isso que a Kate Lira dizia: Ah, esses brasileiros, tão bonzinhos! (do blog Viomundo)



CONCORDO com o analista. O brasileiro deveria dar mais valor à própria cultura. Brasileiro é tão bonzinho!
 
"AMAI-VOS uns aos outros como eu vos tenho amado."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADO por comentar e volte sempre ao BLOGUE do Valentim!