domingo, 11 de setembro de 2011

EVANGELHO do domingo: Senhor, quantas vezes devo perdoar?

ENTÃO Pedro aproximou-se de Jesus e lhe perguntou: "Senhor, quantas vezes devo perdoar a meu irmão, se ele pecar contra mim? Até sete vezes?" Jesus respondeu-lhe: "Não apenas sete vezes, mas até setenta vezes sete". 

Pois o Reino dos Céus pode ser comparado a um rei que resolveu acertar as contas com seus empregados. Ao começar o acerto de contas, trouxeram-lhe um que devia dez mil talentos. Como não tivesse com que pagar, o seu senhor mandou que o vendessem com sua mulher, seus filhos e todos os seus bens, para assim liquidar a dívida. O empregado então caiu aos pés do seu senhor, suplicando: "Senhor, dá-me um prazo e eu te pagarei toda a dívida". O senhor teve pena dele, deixou-o em liberdade e perdoou-lhe a dívida. Mas quando saiu dali, esse mesmo empregado encontrou um companheiro que lhe devia cem denários. Agarrou-o pelo pescoço e, sufocando-o, disse-lhe: "Pague-me o que está me devendo!" O companheiro caiu a seus pés, suplicando: "Dá-me um prazo e lhe pagarei!" Mas ele não quis concordar. Mandou que o deixassem na cadeia, até que sua dívida fosse paga. Alguns de seus colegas, ao saberem disso, ficaram revoltados e foram contar ao senhor o acontecido. Então, aquele senhor chamou esse empregado e lhe disse: "Malvado! Eu lhe perdoei toda a dívida, porque você me pediu. Não era, então, sua obrigação ter pena do seu companheiro, como eu tive de você?" E o senhor, profundamente irritado, mandou prendê-lo e castigá-lo, até que lhe pagasse tudo o que devia. Do mesmo modo, meu Pai do céu agirá com vocês, se não perdoarem de todo coração a seus irmãos". (Mt 18, 21-35)

"AMAI-VOS uns aos outros como eu vos tenho amado."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADO por comentar e volte sempre ao BLOGUE do Valentim!