domingo, 31 de julho de 2011

Á ÁGUIA no prego

(de GAZETA do Povo, Curitiba, Brasil)

TERRORISTA louro de olhos azuis

por Frei Betto, no sítio da Adital 

 

PRECONCEITOS como mentiras, nascem da falta de informação (ignorância) e excesso de repetição. Se pais de uma criança branca se referem em termos pejorativos a negros e indígenas, judeus e homossexuais, dificilmente a criança, quando adulta, escapará do preconceito.

A mídia usamericana incutiu no Ocidente o sofisma de que todo muçulmano é um terrorista em potencial. O que induziu o papa Bento XVI a cometer a gafe de declarar, na Alemanha, que o Islã é originariamente violento e, em sua primeira visita aos EUA, comparecer a uma sinagoga sem o cuidado de repetir o gesto numa mesquita.

Em qualquer aeroporto de países desenvolvidos um passageiro em trajes islâmicos ou cujos traços fisionômicos lembrem um saudita, com certeza será parado e meticulosamente revistado. Ali reside o perigo... alerta o preconceito infundido.

Ora, o terrorismo não foi inventado pelos fundamentalistas islâmicos. Dele foram vítimas os árabes atacados pelas Cruzadas e os 70 milhões de indígenas mortos na América Latina, no decorrer do século 16, em decorrência da colonização ibérica.

O maior atentado terrorista da história não foi a queda, em Nova York, das torres gêmeas, há 10 anos, e que causou a morte de 3 mil pessoas. Foi o praticado pelo governo dos EUA: as bombas atômicas em Hiroshima e Nagasaki, em agosto de 1945. Morreram 242.437 mil civis, sem contar as mortes posteriores por efeito da contaminação.

Súbito, a pacata Noruega – tão pacata que, anualmente, concede o Prêmio Nobel da Paz – vê-se palco de dois atentados terroristas que deixam dezenas de mortos e muitos feridos. A imagem bucólica do país escandinavo é apenas aparente. Tropas norueguesas também intervêm no Afeganistão e deram apoio aos EUA na guerra do Iraque.

Tão logo a notícia correu mundo, a suspeita recaiu sobre os islâmicos. O duplo atentado, no gabinete do primeiro-ministro e na ilha de Utoeya, teria sido um revide ao assassinato de Bin Laden e às caricaturas de Maomé publicadas pela imprensa escandinava. O preconceito estava entranhado na lógica ocidental.

A verdade, ao vir à tona, constrangeu os preconceituosos. O autor do hediondo crime foi o jovem norueguês Anders Behring Breivik, 32 anos, branco, louro, de olhos azuis, adepto da fisicultura e dono de uma fazenda de produtos orgânicos. O tipo do sujeito que jamais levantaria suspeitas na alfândega dos EUA. Ele "é dos nossos”, diriam os policiais condicionados a suspeitar de quem não tem a pele suficientemente clara nem olhos azuis ou verdes.

Democracia é diversidade de opiniões. Mas o que o Ocidente sabe do conceito de terrorismo na cabeça de um vietnamita, iraquiano ou afegão? O que pensa um líbio sujeito a ser atingido por um míssil atirado pela OTAN sobre a população civil de seu país, como denunciou o núncio apostólico em Trípoli?

Anders é um típico escandinavo. Tem a aparência de príncipe. E alma de viking. É o que a mídia e a educação deveriam se perguntar: o que estamos incutindo na cabeça das pessoas? Ambições ou valores? Preconceitos ou princípios? Egocentrismo ou ética?

O ser humano é a alma que carrega. Amy Winehouse tinha apenas 27 anos, sucesso mundial como compositora e intérprete, e uma fortuna incalculável. Nada disso a fez uma mulher feliz. O que não encontrou em si ela buscou nas drogas e no álcool. Morreu prematuramente, solitária, em casa.

O que esperar de uma sociedade em que, entre cada 10 filmes, 8 exaltam a violência; o pai abraça o filho em público e os dois são agredidos como homossexuais; o motorista de um Porsche se choca a 150km por hora com uma jovem advogada que perece no acidente e ele continua solto; o político fica indignado com o bandido que assaltou a filha dele e, no entanto, mete a mão no dinheiro público e ainda estranha ao ser demitido?

Enquanto a diferença gerar divergência permaneceremos na pré-história do projeto civilizatório verdadeiramente humano. (do blog do Miro

O trecho em negrito é da responsabilidade deste blogueiro. De fato, o maior ato terrorista, praticado contra centenas de milhares de civis, velhos e crianças, é de responsabilidade dos nossos irmãos do Norte. Nenhum dos filmes produzido lembra isso, quando muito faz menção ao ataque japonês às instalações navais de Pearl Harbour.  Nos filmes sobre a segunda guerra, são por demais enaltecidos os valores americanos, minimizando ou esquecendo-se os feitos dos ingleses, dos russos e dos demais países, entre os quais o Brasil. É como se os americanos tivessem ganho sozinhos a guerra.
O preconceito existe; não apenas contra o muçulmano. Certo canal de tevê por assinatura uma vez reproduziu uma matéria sobre o assunto. Puseram um homem negro - empregado, letrado, de boa posição sócio-econômica - numa avenida movimentada de Nova Iorque. Ele estava à procura de táxi; acenava e os táxis passavam por ele, não dando a mínima. Ao mesmo tempo puseram um branco, que era ex-presidiário. Os táxis passavam sempre direto pelo negro, e paravam para o branco, não importando a cor do taxista, fosse ele branco ou negro. A questão do bulling (nem sei se é assim mesmo que se escreve essa palavra estrangeira) não é só contra homossexual, acho até que a maior punição é dele mesmo contra si mesmo, por ter consciência de que seu estado não é o normal; de qualquer forma, nenhuma forma discriminatória deve ser aceita. Nas escolas é muitíssimo mais comum a gozação, o bulling contra o gordo, o negro, o muito baixo, o orelha de abano. É a nossa opinião. 

"OS VIVOS são e serão sempre, cada vez mais, governados pelos mais vivos." Barão de Itararé

"AMAI-VOS uns aos outros como eu vos amei". J.C.

CAMPEÃO mundial de barba

 Cuatro años después de su primer triunfo en el Campeonato Mundial de Barbas, Burke Kenny consiguió repetir y se llevó otra vez el premio al mejor bello facial.
 

O SITE ESPANHOL Notícias Loucas acompanha sempre o Campeonato Mundial de Barbas. Nesta última edição, informou que o estadunidense Burke Kenny, 26 anos, sagrou-se campeão pela segunda vez.  O torneio ocorreu na cidade de  Trondheim, Noruega. 

Ainda que o uso de barbas compridas e abundades sejam mal vistas em algumas sociedades, Kenny declarou que "espera que com seu feito os homens tomem coragem e deixem crescer o pelo facil". "E que o façam com orgulho", completou o campeão barbudo.


Acompanhe a versão original:


En Noticias Locas siempre estamos atentos al Campeonato Mundial de Barbas. En esta oportunidad nos vemos obligados a informar acerca de la última edición de la competencia, en la que un viejo conocido se alzó con el título. Burke Kenny, un norteamericano de 26 años se consagró Campeón Mundial por segunda vez en su vida.

El torneo realizado este año en la ciudad de Trondheim, Noruega, vio ganador a Burke Kenny quien se llevó el premio a la Mejor barba con bigote, cuatro años después de su primer título. En la competición se presentaron participantes de todo el mundo en 20 categorías diferentes de barbas, como por ejemplo, Mejor barba natural, Mejor bigote estilo libre y Mejor bigote húngaro.

A pesar de que las barbas largas y abundantes son mal vistas en algunas sociedades, Kenny declaró humildemente que espera que con su triunfo los hombres tomen coraje y dejen crecer su bello facial. Y que lo lleven con orgullo
. (noticiaslocas.com, espanha)

sábado, 30 de julho de 2011

EVANGELHO do domingo: A partilha

AO SER informado da morte de João, Jesus partiu dali e foi, de barco, para um lugar deserto, a sós. Quando as multidões o souberam, saíram das cidades e o seguiram a pé. Ao sair do barco, Jesus viu uma grande multidão. Encheu-se de compaixão por eles e curou os que estavam doentes. Ao entardecer, os discípulos aproximaram-se dele e disseram: "Este lugar é deserto e a hora já está adiantada. Despede as multidões, para que possam ir aos povoados comprar comida!". Jesus porém lhes disse: "Eles não precisam ir embora. Vós mesmos dai-lhes de comer!" Os discípulos responderam: "Só temos aqui cinco pães e dois peixes". Ele disse: "Trazei-os aqui". E mandou que as multidões se sentassem na relva. Então, tomou os cinco pães e os dois peixes, ergueu os olhos para o céu e pronunciou a bênção, partiu os pães e os deu as discípulos; e os discípulos os distribuíram às multidões. Todos comeram e ficaram saciados, e dos pedaços que sobraram recolheram ainda doze cestos cheios. Os que comeram foram mais ou menos cinco mil homens, sem contar mulheres e crianças. (Mt 14, 13-21)

AMAI-VOS uns aos outros como eu vos amei!

DE CREDOR a devedor?



OS ESTADOS UNIDOS sempre ostentaram exemplo de política econômica sólida ao mundo, não só pelo tamanho de sua economia (ainda a maior do globo), mas pela austeridade fiscal que mantinha o setor econômico do país equilibrado. Desde o término da 2º Grande Guerra Mundial, os EUA (maiores beneficiados pelo conflito) controlam o mundo as suas regras, seus interesses.

Reconstruíram economicamente a Europa devastada pela guerra, da mesma forma que fizeram na Ásia-Pacífico, através do plano Colombo. Nesse período vivíamos a chamada “Guerra Fria”, conflito ideológico militar entre americanos e soviéticos. A pujança econômica sempre permitiu aos americanos financiarem guerras e reconstruir países como forma de dominação imposta a essas nações.

O aprofundamento do processo de globalização econômica permitiu um novo reajuste na geopolítica mundial, não mais bipolar, agora multipolar, com diversos países aumentando sua influência no mundo. O próprio dólar, moeda americana que dominou por décadas a economia global, sofre forte concorrência do Euro, este muito mais valorizado do que a “verdinha” americana.

Os Estados Unidos desde o fim da Guerra-Fria atravessa questionamentos no que diz respeito a sua supremacia, sua liderança mundial. Os índices econômicos do referido país não acompanham o crescimento da economia chinesa, dos Tigres Asiáticos e de alguns países europeus (antes da atual crise) há anos, quase uma década.

O atual cenário de crise econômica, fiscal, caminha o país – pela primeira vez na história – a decretar moratória, ou seja, não honrar os compromissos a partir do próximo mês. A dívida pública do governo americano chegou a 14 trilhões de dólares, batendo o teto (valor máximo fixado pelo congresso para o endividamento do governo).

O presidente Barack Obama tenta de todas as formas negociar com os congressistas o aumento do teto, ou seja, elevar o grau de endividamento governamental, excluindo temporariamente o risco de calote. A oposição ao governo, o Partido Republicano, não aceita elevar o teto da dívida pública. Os motivos – muito mais políticos – são claros. Primeiro dariam ao governo Obama condições políticas e econômicas de amenizar a crise econômica e fiscal. Segundo, ano que vem ocorrerá eleições e Obama disputará a reeleição. O objetivo dos Republicanos é desgastar ainda mais a imagem do presidente americano.


As negociações entre governo e congresso vão avançando, sinalizando algumas saídas. Dentre elas, que, os Republicanos poderiam elevar o endividamento do país, em troca de grandes cortes no orçamento, sobretudo na área social. O reduto eleitoral de Obama se concentra nos mais pobres, o orçamento na área social a cada ano aumenta, para garantir boa avaliação do presidente. Com os cortes, a oposição atacaria a principal fonte de votos de Obama: os mais pobres.

A atual situação dos EUA é o produto de alguns anos de péssima gestão, de ações desastrosas e que levaram a economia americana à derrocada. O padrão dólar-ouro, firmado após a 2º Guerra Mundial, enfraquece frente a outras moedas, principalmente o Euro. O grande crescimento econômico de alguns países, principalmente a China, que na relação comercial com os americanos, deixam um déficit cada vez maior na economia dos Estados Unidos.

Outro ponto foi a desastrosa gestão de George Bush, que afundou a economia americana em duas guerras, com gastos astronômicos na área militar. O descontrole das contas elevou consideravelmente o déficit público do governo, chegando aos atuais patamares.

Obama colhe hoje os “frutos” deixados pelos Republicanos, que por sua vez pretendem afundar mais ainda a já questionada imagem do presidente democrata. Os índices de popularidade de Obama continuam gradativamente a cair, motivados pela crise econômica do país e as expectativas geradas pela sua chegada à Casa Branca, que muitas promessas de campanhas não se tornaram realidade.

Caso não se chegue a um acordo no congresso americano e se eleve o teto da dívida, os Estados Unidos deverão decretar moratória, ação impensada pelo poder econômico americano. De grande credor da economia mundial, os americanos já são grandes devedores, e quem sabe, agora inadimplentes.
(do Blog REFLEXÕES e Provocações, prof. Henrique Branco)


"OS VIVOS são e serão sempre, cada vez mais, governados pelos mais vivos." Barão de Itararé

AMAI-VOS uns aos outros como eu vos amei!

sexta-feira, 29 de julho de 2011

A CHARGE do Tiago Recchia: Tio Sam

Esta situação, inimaginável há pouco tempo, não está longe de ocorrer. 

TUDO culpa das mulheres!

Eu era sozinho... 

Até que conheci uma garota ... 


Ela era assim...


Juntos éramos assim... 
Dava-lhe presentes assim... 
Quando me aceitou fiquei assim...  

Falava com ela todas as noites assim ...  


Então no escritório fazia isto...  
Quando meus amigos conheceram minha garota, fizeram assim...

Minha reação era assim... 
  
  Mas no dia dos Namorados ela recebeu uma rosa vermelha
de alguém que não era eu ....


E ela ficou assim... 


 
  E eu fiquei assim... 


 O que me conduziu a isto... 

  e isto... 



E me deu vontade de... 

E comecei a fazer isto...
  

GAROTAS, GAROTAS... !

é a vida né!...e depois ainda nos perguntam por que bebemos ... !!!

 (uma colaboração do amigo Carlos Alberto, via net)

AMY WINEHOUSE e Anders Behing Brevik

por LUIZ EDGARD Cartaxo de Arruda Júnior
cartaxoarrudajr@gmail.com 

O TERRORISTA neonazista Anders Behing Brevik atacou sexta feira. Sábado, a revista Isto É já traz matéria na capa e dentro foto do mentor do atentado, o dirigente egípcio Ayman al-Zawahiri  da Al qaeda e  chapa do Bin Laden. Foi muito rápido a revista. A primeira imagem é a que fica e toda a velha mídia passou o dia falando do terrorista muçulmano. Só foram contar parte da verdade (que o terrorista era islamofóbico) depois, junto com a morte da Amy Winehouse, que ninguém diz, mas traduzindo ao pé da letra, é Amy Pé de Tonel ou Alambique, Adega no mínimo.
Mesmo assim, a morte suicida da artista Amy Winehouse, em Londres, tomou um espaço na mídia muito maior que o atentado neonazista na Noruega, e até mesmo que o espaço dado ao assassinato do Beatle John Lenom em Nova York: é que a mídia do pig pela primeira vez passou a requentar matéria quente, inventando mais uma. A crônica dessa morte pop pra lá de anunciada ganhou mais espaço e tempo que esse ataque terrorista neonazista a pacifica, rica e inatingível democracia norueguesa, que querem deturpar e esquecer.


As imagens do neonazista nada têm haver com o estereótipo clássico do terrorista. Muito pelo contrario, ele é mostrado como um príncipe encantado, o partido alto que toda granfina sonha para sua patricinha. As fotos do loirinho dos zoim azul, limpinho, engomado, sarado, escovado, alinhado, cheiroso, em uniforme de gala, coberto de medalhas, nos trinkis, é só o mi. Deixando as ninfetas debutantes suspirando pelo galante guerreio templário.

A velha mídia não quer acreditar no que tem de noticiar. A Globo, em manchete, se refere a Anders Brevik como: “Responsável pela tragédia”, terrorista nunca. Ele é o “Atirador de Oslo”, terrorista não, ou “Atirador da Noruega”, “autor do massacre”, no máximo, dizem rápido e ressentidamente.     Quando usam a palavra terrorista aliviam: “ ... o sorriso do terrorista...”. Nas matérias da Globo ele quase é inocente:“ Anders Brevik  quis salvar a Europa Ocidental da invasão islâmica”, e isso, justifica junto com:“  exterminar o marxismo”. Pronto, tá tudo explicado e perdoado é o que deixam transparecer pelo tom da linguagem. E mais, noticiam que Anders Brevik, orgulhoso, não se sente culpado. O bichim, né não. 

Matar uma centena de militantes trabalhistas é tão valido quanto fuzilar um magote de petistas. Aqui, o pig e neonazifacistoides tupiniquins tem é inveja, pois mais significativo que Carandiru ou Eldorado de Carajás é dizimar futuros esquerdistas, quer mais? Guardado as proporções é como o atentado ao show do Riocentro ter dado certo. 

Anders Brevik é diferente dos chamados “terroristas palestinos” anônimos, meninos maltrapilhos, armados de pedra e baladeira que alguns israelenses bombardeiam e metralham, ou outros desesperados que explodem em mil pedaços matando mais gente. O terrorista neonazista não sofreu um arranhão. A democracia na Noruega não permite sequer chulipa ou beliscão, coçar pode?
Aqui a manchete que eles acentuam na midia global é: “O responsável pela tragédia” (olha como e onde eles colocam a palavra: responsável). É ele tem nome e não é qualquer um, é nome nobre, tem heráldica descendente do sangue azul Vikings: Anders Behing Brevik, quer dizer urso na língua nativa (pesquisou a rede Globo, muito importante isso!). Lindo, cheiroso, bonito e joiado como diz o Falcão. 

O fato dele ter detonado uma bomba no centro geo-politico do governo norueguês é quase desprezível e irrelevante, a velha mídia acelera ênfase no ataque a ilha. Falam em tiroteio; tiroteio é troca de tiro, o que não houve. Ali foi fuzilamento e execução sumaria isso sim.  Ele só é “o atirador”, e não precisa mais.     

Quando o pig usa adjetivo negativo tem o cuidado da ressalva em enfatizar o próprio Anders Brevik a se auto intitular: “ O maior monstro desde a segunda guerra mundial”. Insiste em noticiar que Brevik agiu sozinho, quando o próprio declarou que  teve ajuda de duas células nacionalistas (olha aí de novo a palavra é “nacionalistas”, em vez de gangues de terroristas) e ta na cara ele não agiu sozinho. Dizem isso só para tentar nos ludibriar, torná-lo um super homem louco e inimputável.

A linguagem e ênfase que a velha mídia da na abordagem desse momento só procura deturpar e maquiar  a realidade da historia. É impressionante e inimaginável, como dizem que a resposta do governo norueguês será: “mais democracia e humanismo”. Abordam com deboche, sarcasmo e desdém. É estarrecedor a forma subliminar que a leitura deles deixa traduzir. E aonde querem chegar? 

Na verdade o pig esta decepcionado com a atitude  do governo esquerdista norueguês em não permitir a transmissão do depoimento do terrorista da extrema direita Anders Brevik, (vou denomina-lo: o urso nazista) na tv e ao vivo. 

Por causa disto o pig pode vir até  a dizer que falta liberdade de imprensa na Noruega, quer apostar? Estão descontentes em só poder pinçar algumas perolas negras no pior sentido do extremismo nas 1500 e poucas paginas desse novo tratado de direita que esta na web e pode fazer mais sucesso que o Minha Luta do criador do III Reich Adolf Hitler.
Espero que não, sinceramente.
AMAI-VOS uns aos outros como eu vos amei!

quinta-feira, 28 de julho de 2011

MEUS BREGAS prediletos: pra cima, pra baixo (The Fevers, 1978)


Pra cima, pra baixo
Pra cima, pra baixo
Pra cima, pra baixo
Ioio, ioio
Preso por um fio estou
Você pede, eu obedeço
Você manda, eu vou
Ioio, ioio 


Pra cima e pra baixo eu vou
Se não faço o que me pede
Não faz mais amor


Você fez de mim um tolo
Já chega
Quero enfim me libertar
Minha vida toda errada
Eu vou tentar mudar 


Olha já estou cansado
Não insista
Do seu modo de pensar
Esse tipo de amor
Já não se usa mais
Pra cima, pra baixo 

A PRESUNÇÃO de culpa

Datena é condenado por danos morais

Por Altamiro Borges

A Justiça tarda, mas não falha – pelo menos para alguns poucos cidadãos brasileiros. Num processo que se arrastava há 13 anos, finalmente o Tribunal de Justiça de São Paulo decidiu condenar o apresentador José Luiz Datena, ex-Bandeirantes e atualmente na Record, por calúnia e difamação. Ele terá que pagar uma mísera indenização de R$ 60 mil ao juiz Luiz Beethoven Giffoni Ferreira.

O ex-juiz da Infância e Juventude de Jundiaí, interior paulista, foi satanizado nacionalmente ao ser acusado por Datena de receber propina para enviar crianças ao exterior, num processo ilícito de adoção internacional de menores. Sem provas, o apresentador afirmou no programa “Cidade Aberta”, da TV Record, que juiz estaria envolvido num “caso claro de tráfico de menores” e que as crianças estariam sendo “praticamente contrabandeadas para fora do país”.

Na época, a repercussão do caso foi tanta que resultou na criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito. Mas a CPI não comprovou nada contra juiz. Em 1999, ele ingressou com ações na Justiça contra vários veículos da mídia que o difamaram. Além de Datena, a revista IstoÉ já foi condenada pelo Superior Tribunal da Justiça (STJ). A Constituição brasileira garante a “presunção da inocência”, mas a mídia e suas estrelas insistem na “presunção da culpa” – isto sim um grave crime! 

60 mil reais não é nada comparado ao dano moral incalculável. 'Primeiro, condenar; julgar depois', parece ser esta a regra da imprensa sensacionalista, em nome da audiência e do dinheiro.

LOUVADO seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

CARLA Fernanda: Mundo coração


Força do vento
Leve-me de mim
Tudo que preciso é de brisa
E traz mais longe o sentimento
Ainda mais que leve 
Que amor de poetisa

Leve que no vento
Forte que é desejo
Vem e guia meu destino
Mensageiro e peregrino

Leve vento forte
Que aqui me vê passando
Viajando e mudando
Sua força tem a minha direção
Rumo ao mundo coração

(do Blog AMOR Acordado, por Carla Fernanda, Aracaju, Brasil)

"SE VOCÊ rouba ideias de um autor, é plágio; se rouba de muitos, é pesquisa." Wilson Mizner

LOUVADO seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

quarta-feira, 27 de julho de 2011

O FANTÁSTICO menino-ímã


EL ASOMBROSO NIÑO IMÁN

Assombroso, realmente. É como eu sempre digo: neste mundo há de tudo.

Un niño de seis años atrae objetos metálicos como cucharas, clips, celulares, etc. Ivan Stoiljkovic, un croata de seis años, es conocido como el niño imán. Ha demostrado su raro talento ante periodistas quitándose la remera y revelando cómo se le adhiere cualquier objeto metálico a la piel. Su familia, residente en la región de Koprivnica, asegura que puede atraer hasta 25 kilos de metal al mismo tiempo. Y no sólo eso, también aseguran que sus manos son capaces de aliviar los dolores de estómago de su abuelo y los de la pierna de un vecino que tuvo un accidente. Su abuelo Ivo, explicó que las manos de su nieto son extremadamente calientes y que cuando se las coloca en el estómago "los dolores simplemente desaparecen".


Hace algunos años he visto, en un programa de variedades en televisión, a alguien, adulto, que tenía esta propiedad, me gustaría saber el por quéo donde está el truco (por SILVO, do blog IMPRESIONES, Madrid, España)

LOUVADO seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

NÃO ao racismo!


A PROPÓSITO da mais recente chacina ocorrida na Noruega, e sobretudo pelo que a motivou - o racismo -, este blogueiro não poderia deixar passar esse triste episódio em branco. Por isso é meu dever, dever de todos nós, manifestar-me radicalmente contra tudo isso. Eu, até posso, no meu íntimo, já que sou um ser imperfeito, pecador, não gostar de determinada raça, cor, credo, região etc, mas, jamais, jamais mesmo, terei o direito de ao menos olhar torto para este ou aquele irmão meu, diferente de mim. Em qualquer direção, a discriminação é condenável: de cima para baixo, de baixo para cima, da direita para a esquerda, da esquerda para a direita, obliquamente. 
Por essa razão, resolvi repostar aqui o texto a seguir, do Blog do Birner:


De boca e dedos calados
Ofensas raciais viraram moda no twitter. Vira e mexe aparecem algumas.
Só ontem eu vi 3 flamenguistas xingando os nordestinos durante a desclasificação contra o Ceará
Que fique bem claro aos xenófobos:
Vocês têm todo o direito de não gostar de nordestinos, mulatos, índios, negros, árabes, judeus, janoneses, vietnamitas, alemães…
Desde que mantenham o silêncio em todos os sentidos.
Não podem falar, escrever e nem olhar torto.
Vocês são os problemas, não as vítimas de seus recalques .
Me parabenizaram ontem no twitter porque sou jornalista e me posicionei assim quando vi as manifestações racistas.
Respondi que fazer isso é obrigação de todos os seres humanos, sejam jornalistas, médicos, pizzaiolos, policiais ou assaltantes de bancos.

LOUVADO seja Nosso Senhor Jesus  Cristo!

terça-feira, 26 de julho de 2011

ROBERTO Gómez Bolaños: Não contavam com minha astúcia!

FAZ ALGUM tempo que virei fã de Roberto Gómez Bolaños. É óbvio que não é somente pelo "Chaves", pois sua obra não se resume à clássica e repetitiva série. Em seu país é conhecido pelo apelido de "Chespirito", um diminutivo de Shakespeare, por ser Bolaños baixinho e por escrever muito, comparável ao genial autor inglês. O cara é bom mesmo.

Em "Chaves", interpreta o menino pobre, órfão, de mesmo nome. O nome original da série é "El Chavo del 8", ou 'O garoto do oito'; 8 era o canal de tevê que exibia o programa. Por questão de dublagem, no Brasil ficou "Chaves". A grande sacada da série está - e isso nem todos observam - no foco aos problemas sociais, encarados com humor, talvez porque no México, como no Brasil, não há outra solução, a não ser encarar os problemas com uma boa dose de humor. 

Uma vila pobre com um órfão, um viúvo com sua filha (Seu Madruga e Chiquinha), uma viúva e seu filho (Dona Florinda e Quico), e uma senhora solteira (Dona Clotilde). Dona Florinda já esteve num nível social privilegiado, porém não se conforma com seu status social, daí constantemente agredir o Seu Madruga, referindo-se a "essa gentalha!"; alimenta esperanças em casar com o professor Girafales, um homem instruído, e assim poder retornar ao nível anterior de quando seu marido, pai de Quico, era vivo. Já Seu Madruga não tem trabalho formal, vivendo de expedientes; deve 14 meses de aluguel. Vive fugindo das insinuações de Dona Clotilde, a Bruxa do 71. Não há na vila nenhuma família tradicionalmente estruturada, tipo pai, mãe e filhos. Até o dono da vila, Seu Barriga, jamais apareceu com a esposa e sim com seu filho, Nhonho.

Como todo gênio tem a sua excentricidade, Roberto Bolaños, não foge à regra. Todos os personagens que interpreta têm nome começando por CH, em homenagem a Chespirito: Chaves, Chapolim Colorado, Chaparrón Bonaparte, Dr. Chapatim, Chômpiras...  

No seriado Chespirito, no Brasil, exibido pela CNT Gazeta, interpreta Chômpiras, um sujeito pouco inteligente, que é companheiro do Botijão (Edgar Vivar, o Seu Barriga). Ambos já tiveram complicações com a Lei, porém deixam claro que hoje estão regenerados, vivendo como cidadãos honrados. O seriado foi feito exatamente para que brilhe Chimoltrúfia, a esposa do Botijão, magistralmente interpretada por Florinda Meza, que na vida real é esposa de Roberto.

Engana-se quem acha que o seriado no Brasil só encontra simpatizantes no público infantil. Os adultos também gostam de Chaves, razão pela qual o SBT vêm exibindo o seriado às 7 da noite. Uma das razões, se não a principal, é o fato de o brasileiro se identificar com as questões enfocadas, pois México e Brasil têm basicamente os mesmos problemas sociais, creio que no país norte-americano um pouco mais agravados pela proximidade com o gigante vizinho do Norte. 


 
Não contavam com a minha astúcia?

LOUVADO seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

O HUMOR do Waldez: Máquina zero


BARRACA de caridade recebe doação de maconha

TIENDA DE CARIDAD RECIBE DONACIÓN DE MARIHUANA

ERA SÓ o que faltava. Já vi igual no cinema, mas depois os donos da 'encomenda' voltam para recuperar o material, normalmente em perseguição ao desavisado, que, por acidente, acaba como herói.
Belo roteiro para Hollywood.

Los trabajadores de un local de Buena Voluntad de Kansas encontraron un misterioso paquete con marihuana dentro del buzón de donaciones.   

Tamaña sorpresa se llevaron los empleados de una tienda de caridad en el estado de Kansas, EE.UU. al descubrir una ofrenda de cannabis mientras clasificaban las donaciones que habían recibido la noche anterior. Inmediatamente llamaron a la policía y reportaron el descubrimiento sin tocar ni manipular demasiado el misterioso regalo. "No creemos que quien haya dejado el paquete haya incluido la marihuana a propósito", dijo Ted Bordman, integrante de las fuerzas policiales del condado de Lawrence, en Kansas. Se sospecha que un consumidor olvidó su droga junto con otros ítems que quería donar, y que no fue su intención ser generoso con los trabajadores del local y hacerles un "regalito". De todas maneras, las autoridades ya confiscaron el cannabis y confirmaron que será destruido. (de Noticias Locas, por Silvo, do blog IMPRESIONES, Madrid, España)

"SEM os males que contrastam os bens, não nos creríamos jamais felizes por maior que fosse a nossa felicidade." Marquês de Maricá

LOUVADO seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

segunda-feira, 25 de julho de 2011

MEUS CLÁSSICOS favoritos: Fico assim sem você (Adriana Calcanhoto)

AVIÃO sem asa, fogueira sem brasa
Sou eu assim sem você
Futebol sem bola,
Piu-Piu sem Frajola
Sou eu assim sem você 

Por que é que tem que ser assim
Se o meu desejo não tem fim
Eu te quero a todo instante
Nem mil alto-falantes
vão poder falar por mim 

Amor sem beijinho
Buchecha sem Claudinho
Sou eu assim sem você
Circo sem palhaço
Namoro sem amasso
Sou eu assim sem você

Tô louca pra te ver chegar
Tô louca pra te ter nas mãos
Deitar no teu abraço
Retomar o pedaço
Que falta no meu coração



Eu não existo longe de você
E a solidão é o meu pior castigo
Eu conto as horas
Pra poder te ver
Mas o relógio tá de mal comigo 

Por quê? Por quê?

Neném sem chupeta
Romeu sem Julieta
Sou eu assim sem você
Carro sem estrada
Queijo sem goiabada
Sou eu assim sem você



Por que é que tem que ser assim
Se o meu desejo não tem fim
Eu te quero a todo instante
Nem mil alto-falantes
vão poder falar por mim 


Eu não existo longe de você
E a solidão é o meu pior castigo
Eu conto as horas pra poder te ver
Mas o relógio tá de mal comigo (2x).

Nem precisa de comentários.
LOUVADO seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

AERONÁUTICA tem 341 vagas para oficial temporário

INSCRIÇÕES ABERTAS para seleção de profissionais de nível superior em áreas de ensino e saúde




Profissionais de Magistério, Pedagogia, Enfermagem e Nutrição podem ingressar na Força Aérea como oficiais temporários convocados. Encontram-se abertas, até o dia 18 de agosto, as inscrições para o processo seletivo de profissionais de nível superior das áreas de ensino (pedagogia e magistério), com 132 vagas, e saúde (enfermagem e nutrição), com 209 vagas.

O processo é composto de seis etapas: Inscrição; Avaliação Documental (caráter seletivo, classificatório e eliminatório); Concentração Inicial; Inspeção de Saúde (INSPSAU); Exame de Aptidão Psicológica (EAP); e Concentração Final (verificar condições específicas no Aviso de Convocação). 

O candidato selecionado fará o Estágio de Adaptação Técnico (EAT) que se destina a adaptar os incorporados às condições peculiares do Serviço Militar Temporário e às áreas profissionais em que atuarão no âmbito do Comando da Aeronáutica. O EAT terá duração total de doze meses, a contar da data de incorporação, divididos em três fases. A 1ª fase terá duração de cinquenta dias corridos e tem como objetivo adaptar os convocados à atividade militar por meio da instrução militar e será realizada em Organização Militar designada. As 2ª e 3ª fases serão realizadas na Organização Militar para a qual venha a ser designado.


Os incorporados para a realização do EAT serão declarados Aspirantes a Oficial, sendo promovidos a 2° Tenente do Quadro de Oficiais Convocados da Reserva da 2ª Classe (QOCon) após a conclusão da 2ª fase, na respectiva especialidade, fazendo jus à remuneração correspondente. Os integrantes do QOCon poderão obter, ano a ano, prorrogações de tempo de serviço até o limite de oito anos e, em caráter excepcional, nove anos.

(Fonte: COMGEP / Agência Força Aérea  http://www.fab.mil.br/)  


LOUVADO seja Nosso Senhor Jesus Cristo!