quarta-feira, 28 de março de 2012

DURANGO Kid

CHARLES Starrett (Athol, Massachusetts, 28 de março de 1903 – Borrego Springs, Califórnia, 22 de março de 1986) foi um ator estadunidense mais conhecido por interpretar o personagem Durango Kid nos filmes de faroeste da Columbia Pictures.

Starrett nasceu em Athol, Massachusetts, e passou a infância no Maine. Após concluir seus estudos na “Worcester Academy”, em 1922, foi para a Faculdade de Dartmouth. Quando participava do time de futebol americano de Dartmouth, foi contratado para fazer o papel de um jogador de futebol no filme de 1926, The Quarterback (O Campeonato do Amor), ao lado de outros colegas, e o filme foi parcialmente rodado no campus de Dartmouth. Em 1930 ele atuou em Fast and Loose, ao lado de Miriam Hopkins, Carole Lombard e Frank Morgan.

Participou de muitos filmes nos dois anos que se seguiram, porém seus personagens eram sempre secundários. Começou a chamar a atenção do público e dos produtores em “The Mask of Fu Manchu” (A Máscara de Fu Manchu), de Charles Brabin para a MGM em 1932; “Our Betters”, de George Cukor para a RKO, em 1933, e “So Red the Rose” (Noivado na Guerra), de King Vidor, para a Paramount, em 1935.

Em 1933, foi uma das pessoas que ajudou a organizar o Screen Actors Guild, e em 1936 foi contratado pela Columbia Pictures para tornar-se um dos dez maiores astros de cinema western, atuando em 115 filmes nos 16 anos seguintes.

Durango Kid

Após atuar em vários papéis de xerife e guarda-florestal, Starrett ganhou notoriedade por seu personagem Durango Kid. O primeiro filme em que ele desempenhou esse papel foi em The Durango Kid (O Cavaleiro de Durango), lançado em 1940, mas por algum motivo, a Columbia Pictures não quis continuar com a série.

O personagem foi redescoberto em 1944, com “The Return of the Durango Kid” (A Volta de Durango Kid) e durou até 1952. Inicialmente, era acompanhado por um amigo cantor, interpretado por Tex Harding, e depois formaram ao trio, com a presença de Dub Taylor. Dub Taylor, como "Cannonball", trabalhou com Starrett até 1946, quando saíram tanto Taylor quanto Harding, sendo substituídos por Smiley Burnette, que tinha uma parceria muito popular com Gene Autry, e foi trazido para substituir Taylor. Burnette desempenhou muito bem o personagem chamado Smiley Burnette, e acompanhou Starrett até o fim de sua carreira cinematográfica.

Os filmes de Durango Kid combinavam seqüências de ação muito rápidas – freqüentemente com o trabalho de câmeras de grande velocidade e com espetaculares acrobacias realizadas por Jock Mahoney – e música western. Em cada filme apresentava-se um grupo de cantores, e em muitos tiveram a participação de Burnette cantando e tocando violão.

A série teve vários períodos de crise, mas melhorou em 1948, com a presença do diretor Fred F. Sears e do dublê Jock Mahoney, que muitas vezes esteve atrás da máscara de Durango Kid, e depois co-estrelaria os filmes.

Nos filmes de Durango Kid, o personagem principal era geralmente chamado "Steve", mas ao trocar de roupa e cavalo, tornava-se o herói por trás da máscara negra. Seus cavalos eram chamados "Bullet" (quando era o Steve) e "Raider" (quando se transformava em Durango Kid).

Fim da carreira e morte

Starrett, que tinha independência financeira, encerrou a sua carreira de ator aos 48 anos de idade, quando a série Durango Kid deixou de ser produzida. Ele certa vez contou à revista estudantil de Dartmouth, que a maioria de seus vizinhos californianos achava que ele fosse um banqueiro aposentado.

Starrett morreu em Borrego Springs, Califórnia, seis dias antes de completar 83 anos de idade. (fonte: Wikipédia)


É melhor você se manter limpo e brilhante; você é a janela pela qual você deve ver o mundo. George Bernard Shaw


Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADO por comentar e volte sempre ao BLOGUE do Valentim!