domingo, 25 de março de 2012

THOR mata, mas a culpa é do falecido

A INACREDITÁVEL defesa que vem sendo construída pela mídia sobre o atropelamento do ciclista pelo filho de Eike Batista, Thor Batista, ganha contornos kafkanianos.

Surgem todos os dias "indícios" de que o ciclista havia "bebido". 

O poder econômico de Eike constrói a versão de que o morto foi o culpado. Até mesmo a Globo vem sucumbindo à pressão ao comentar em seu Jornal Nacional, "uma informação publicada pelo jornalista Ancelmo Gois de que Thor havia atropelado um senhor em 2011". 

Nunca havia visto a TV Globo isolar um de seus principais colunistas do seu jornal "O Globo". Foi quase um pedido de desculpas no estilo "foi ele quem disse". 

Dos fatos fartamente documentados: Thor tinha 51 pontos na carteira, Thor atropelou um idoso em 2011, Thor atropelou e matou um ciclista na estrada este ano. Disso não se comenta.  

Após a declaração do pai de que "Thor poderia ter morrido", a divulgação do teor alcoólico do ciclista, esta semana não me surpreenderei se o morto for indiciado por danos materiais e morais ao pobre garoto. (blog do Gustavo)

4 comentários:

  1. Echar la culpa al muerto, creía que eso ya no se llevaba, saludos!

    ResponderExcluir
  2. Acontece, meu caro Silvo, que se trata do filho de um dos homens mais ricos do mundo.

    ResponderExcluir
  3. Brasil, lugar onde uma bicicleta é mais perigosa que uma mercedes... ¬¬

    ResponderExcluir
  4. Infelizmente, meu caro anônimo, o dinheiro é quem manda.

    ResponderExcluir

OBRIGADO por comentar e volte sempre ao BLOGUE do Valentim!