quinta-feira, 5 de julho de 2012

SALVE o Corinthians! Salve 4 de julho!


Corinthians conquista América e cala seus rivais

FALAR o quê? O temor dos rivais aconteceu: O Corinthians sagrou-se campeão da Libertadores da América. E invicto. E diante do temido Boca Juniors, que está na história do futebol sul-americano como um algoz dos mais feroz dos times brasileiros. 

A partir de agora muitas das provocações dos rivais do Alvinegro caem por terra. Time sem passaporte, clube provinciano... O que falar agora? Clube sem estádio, sem CT... Fato é que o futebol perdeu muito da graça, pelo menos no quesito provocação, para os adversários diretos do Timão, casos de Palmeiras, São Paulo e Santos. 

A Fiel esperou por 35 anos a conquista. Um longo jejum, mas que foi conquistado em grande estilo, de forma invicta, e com um time sem uma grande estrela, porém com uma obediência tática e uma amizade entre os atletas que fizeram a diferença em campo. 

Há 39 anos um clube não conquistava a América de forma invicta. No entanto o feito do Alvinegro é ainda mais significativo, pois no novo formato da Libertadores da América, as equipes fazem um número maior de jogos. Uma conquista realmente que deve ser aplaudida. E de pé. 

Além da taça, que realmente faltava no memorial de título do clube, a conquista da Libertadores tira também um peso das costas dos fiéis corintianos. É que a pressão pela conquista da América aumentou e muito depois que o Palmeiras venceu o torneio, em 1999. Naquela oportunidade deu-se início a uma verdadeira tortura aos corintianos. 

Com a Libertadores 2012, o Alvinegro se iguala ao Alviverde, o seu maior rival disparado. São Paulo e Santos campeões da América não incomodava a nação preta e branca como o Palmeiras campeão do continente. A tortura acabou. 

Os corintianos agora podem até contra-atacar os palmeirenses, batendo no peito e mostrando também a faixa de campeão mundial de 2000, o que o Palmeiras não conseguiu. O mundo da voltas. O futebol também... 

Provocações à parte, o que é sadio e alimenta o futebol, o Corinthians mereceu a conquista. Um time que realmente não prima pelo futebol bonito, mas que conseguiu, na base da disciplina tática e da solidariedade entre os atletas e torcida, levantar a maior taça do continente. 

O técnico Tite é o grande nome dessa conquista. Um treinador que buscava ainda um grande título. Tite conseguiu “domar” um clube que até então era indomável, sobretudo em se tratando de Libertadores da América e a obsessão que tomava conta dos corintianos no torneio continental. Uma conquista para entrar na história. 

Uma Libertadores especial, que está pintada de preto e branco. E de forma invicta. O Corinthians garantiu seu lugar na lista de vencedores da América. E pelo jeito vem mais por aí. O Alvinegro está na frente dos rivais diretos do estado e bem mais próximo de novas conquistas. Agora é correr atrás do clube do povo. Parabéns, Corinthians!
(Blog Salgueiro FC)  



Salve o 4 de julho!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADO por comentar e volte sempre ao BLOGUE do Valentim!