sexta-feira, 31 de agosto de 2012

OS 10 mandamentos do eleitor honesto e inteligente

1º Não deixar de votar

A sua ausência enfraquece a democracia e favorece a eleição dos maus candidatos. Extraviou seu título, então vá votar de posse de um documento com fotografia; não sabe seu local de votar, procure o cartório eleitoral, pois lá eles indicarão onde você deve votar.

2º Não vote contrariando a sua opinião

Não se deixe influenciar pela mídia ou por armadilhas publicitárias das campanhas eleitorais. Simpatia é diferente de competência.

3º Não venda seu voto nem o troque por favores

A compra de votos é crime eleitoral; a venda de voto também é considerada crime.

4º Não vote para contentar amigos, parentes ou outros

Vote em pessoas que promovem o bem da comunidade e não de um grupo de pessoas.

5º Não vote sem conhecer o programa do candidado e do partido dele

Analise se o seu candidado tem conhecimento dos problemas que assolam a comunidade e ele tem condições de cumprir o que prometeu. Lembre-se de aplicar a lei da ficha limpa.

6º Não vote sem conhecer o passado do candidato

Não se esqueça de analisar as origens do candidato; os trabalhos feitos em prol da comunidade.

7º Não vote sem conhecer o caráter do candidato

Pessoa de caráter é aquela que vive com moralidade, que vive de forma honesta e sincera. Não eleja ou reeleja candidatos sem caráter.

8º Não deixe nenhuma pesquisa mudar seu voto

O seu voto deve ser consciente, e algumas pesquisas são manipuladas.

9º Não anule seu voto

Os efeitos do voto nulo são péssimos. Se você tem dificuldade de votar, procure se informar como fazer antes das eleições, para na data da eleição não anular seu voto por ignorância.

10º Não vote em branco

O voto em branco, ainda que em sinal de protesto, não é uma resposta que a população espera de um eleitor consciente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADO por comentar e volte sempre ao BLOGUE do Valentim!