domingo, 29 de setembro de 2013

EVANGELHO do Domingo: "Se não escutam a Moisés, nem aos profetas, mesmo se alguém ressuscitar dos mortos, não acreditarão"


O rico e o pobre Lázaro
NAQUELE tempo, Jesus disse aos fariseus: "Havia um homem rico, que se vestia com roupas finas e elegantes e dava festas esplêndidas todos os dias. Um pobre, chamado Lázaro, cheio de feridas, ficava sentado no chão junto à porta do rico. Queria matar a fome com as sobras que caíam da mesa do rico, mas, em vez disso, os cães vinham lamber suas feridas. Quando o pobre morreu, os anjos o levaram para junto de Abraão.
Morreu também o rico e foi enterrado. Na região dos mortos, no meio dos tormentos, o rico levantou os olhos e viu de longe Abraão, com Lázaro ao seu lado. Então gritou: 'Pai Abraão, tem compaixão de mim! Manda Lázaro molhar a ponta do dedo para me refrescar a língua, porque sofro muito nestas chamas'. Mas Abraão respondeu: 'Filho, lembra-te de que durante a vida recebeste teus bens e Lázaro, por sua vez, seus males. Agora, porém, ele encontra aqui consolo e tu és atormentado. Além disso, há um grande abismo entre nós: por mais que alguém desejasse, não poderia passar daqui para junto de vós, e nem os daí poderiam atravessar até nós'. O rico insistiu: 'Pai, eu te suplico, manda então Lázaro à casa de meu pai, porque eu tenho cinco irmãos. Que ele os avise, para que não venham também eles para este lugar de tormento'. Mas Abraão respondeu: 'Eles têm Moisés e os profetas! Que os escutem!'. O rico insistiu: 'Não, Pai Abraão. Mas se alguém dentre os mortos for até eles, certamente vão se converter'. Abraão, porém, lhe disse: 'Se não escutam a Moisés, nem aos profetas, mesmo se alguém ressuscitar dos mortos, não acreditarão'." (Lc 16, 19-31)

Salve Maria!

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!
(Bodas de Caná, 2Vizinhos - PR, Brasil)

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

PAPA diz que a Igreja está aberta aos homossexuais, divorciados e mulheres que abortaram

Em entrevista à revista jesuíta italiana 'La Civiltà Cattolica', Francisco disse que a Igreja deve encontrar um 'novo equilíbrio'



O PAPA Francisco abriu a Igreja Católica para homossexuais, divorciados e para as mulheres que fizeram o aborto. "A religião tem o direito de exprimir sua opinião própria a serviço das pessoas, mas Deus na criação nos fez livres: a ingerência espiritual na vida das pessoas não é possível", disse o papa em entrevista ao padre Antonio Spadaro, feita em agosto e publicada nesta quinta-feira, 19, pela revista jesuíta italiana La Civiltà Cattolica. "Não podemos insistir somente sobre as questões ligadas ao aborto, matrimônio homossexual e ao uso de contraceptivos. Isso não é possível." A reforma mais importante para ele, não é, pois, a administrativa da Igreja. Mas a que deve abrir a Igreja aos feridos. "Eu vejo a Igreja como um hospital de campanha depois de uma batalha." Para Francisco, a Igreja deve "encontrar uma novo equilíbrio". "De outra forma até o edifício moral da Igreja corre risco de cair como uma castelo de cartas e de perder a frescura e o perfume do Evangelho." (O Estado de São Paulo)

E na verdade a Igreja sempre esteve aberta a todos os pecadores; Jesus mesmo disse: "São os doentes que precisam de médico, e não os sãos". 
Isso não significa dizer que a Igreja concorda com o homossexualismo, com o divórcio e com o aborto. Deus ama o pecador, por o acolhe; mas jamais amou o pecado.  

Não há nenhum escândalo ou novidade, portanto, no que diz o Papa.

LUIZ Flávio Gomes: Celso de Mello venceu. Ministros contrários seriam imbecis?

Por Luiz Flávio Gomes, no Última Instância
 
SE CELSO DE MELLO, como juiz, votou de acordo com a lei, perguntam indignadamente vários internautas, então isso significa que os outros 5 ministros que negavam os embargos foram imbecis ou desonestos ou ignorantes? Nada disso.

Para os que não estão familiarizados com a área, saibam que o direito não é matemática. Muitas vezes há espaço para 2 ou mais interpretações (todas razoáveis). O que ocorreu no julgamento de quarta-feira (18/9) e que a grande mídia manipuladora não explicou (e não explica) para a população foi o seguinte: nenhum dos 5 votos contrários revelou que sabia da discussão que houve no Congresso Nacional em 1998 sobre a revogação dos embargos infringentes no regimento interno do STF. Nenhum dos 5 votos contrários ao recurso mencionou essa questão. Ignorou-a completamente. Talvez não soubessem disso. E quiça até mudariam o voto se tivessem conhecimento desse detalhe (relevantíssimo). Diziam que tinha havido revogação tácita do regimento interno em 1990 (JB, Fux etc.). 

Como pode ter havido revogação tácita de um dispositivo que o Congresso Nacional discutiu abundantemente em 1998, a partir de um projeto do governo FHC, recusando-o explicitamente? Qualquer um é capaz de perceber, com essas informações, o quanto foi descomunal o massacre midiático contra o voto de um juiz que apenas cumpriu a lei.

 (Espaço Aberto, Belém - PA, Brasil)

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

SOBRE o Domínio de Fato e os Embargos Infringentes



"O DOMÍNIO do fato é novidade absoluta no Supremo. Nunca houve essa teoria. Foi inventada, tiraram de um autor alemão, mas também na Alemanha ela não é aplicada. E foi com base nela que condenaram José Dirceu como chefe de quadrilha [do mensalão]. Aliás, pela teoria do domínio do fato, o maior beneficiário era o presidente Lula, o que vale dizer que se trouxe a teoria pela metade."

[...]

"Eu li todo o processo sobre o José Dirceu, ele me mandou. Nós nos conhecemos desde os tempos em que debatíamos no programa do Ferreira Netto na TV [na década de 1980]. Eu me dou bem com o Zé, apesar de termos divergido sempre e muito. Não há provas contra ele. Nos embargos infringentes, o Dirceu dificilmente vai ser condenado pelo crime de quadrilha."

Ives Gandra Martins (na foto), um dos maiores juristas do país e a léguas de distância do espectro político e ideológico de José Dirceu, sobre a condenação do ex-ministro da Casa Civil pelo Supremo Tribunal Federal (STF). (Espaço Aberto, Belém - PA, Brasil)

terça-feira, 24 de setembro de 2013

QUE PAÍS É ESSE?: A hipocrisia de Renato Aragão


NÃO! Esse texto não tem nada a ver com o 'CRIANÇA ESPERANÇA'.  A Hipocrisia do nosso "querido trapalhão" vai muito além de forçar o choro e pedir dinheiro para uma multinacional sonegadora de impostos.

“Eu nunca passei por esse temor de fazer piada sobre religião, não precisa usar a religião para fazer humor.  Eu acho que até agride, coisa que agride é você criticar uma religião, muçulmana, católica, evangélica, tudo”.
(Renato Aragão)

Essa é a frase de um cara que já foi ÍCONE do humor brasileiro na década de 90, mas que decaiu brutalmente com o passar dos anos. Quem ria com 'Os Trapalhões', hoje se pergunta para onde foi parar toda aquela magia. A verdade é que Renato Aragão fora do quarteto  que encantou o Brasil nas telinhas da Globo...  já não brilha.

Em sua ultima aparição na TV, Renato mostrou um lado politicamente correto que todos nós sabemos que não existe nele. Aliás devemos perguntar para o DIDI, se ele sofre de amnésia, pois no programa 'NA MORAL' apresentado  por Pedro Bial. Renato alegou e agradeceu por nunca ter precisado passar por isso. Mas será que é verdade? Não! Não é verdade! Piadinhas envolvendo religiões muitas vezes estiveram no roteiro de "Os Trapalhões".

Renato Aragão e Gregório Duvivier (Foto: Na Moral/TV Globo)

É Parece que humor hoje em dia se resume em pegar um extintor de incêndio e ficar "assustando" os colegas de trabalho que ""nunca"" esperam por isso, pois é uma coisa que quase não" acontece... imagina, é coisa rara!! Só rola "de vez em quando" em TODOS os programas do Renato.
Piadinhas envolvendo religiões muitas vezes estiveram no roteiro de "Os Trapalhões", e os links do Youtube que postarei logo abaixo não me deixam mentir:

1) Humor com Pastor: https://www.youtube.com/watch?v=ymadsJmWsDE

2) Humor com Padre, um dos meus preferidos, pois faz uma critica bem humorada sobre como a Igreja se corrompe e cede ao poder político Partidário:

https://www.youtube.com/watch?v=g3aHu7cfXsY

3) Mussum, o pai de santo: https://www.youtube.com/watch?v=rjJ9yH_bd2M

Certeza que existem muito mais que esses, mas essa foi uma rápida pesquisa feita pela galera da pagina 'Religião se Discute'.
Fonte: Libertesuamente

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

BUENOS Aires: nuestras impresiones - final

(Continuação da postagem do dia 14ago.2013)

NA MANHÃ do dia seguinte, domingo, fomos à cidade de Tigre, distante de Buenos Aires 30 quilômetros. Ali desfrutamos de saudável passeio de barcos, voltando para almoço em um restaurante italiano.



Aproveitamos para visitar, já à tarde, um cassino. Fomos ao Casino Trilenium, também em Tigre.

fotos




Dia seguinte foi o último na capital argentina. Fomos ao estádio La Bombonera, do Boca Júniors.







Como tudo que é bom dura pouco, então à tarde de 15jul. (segunda-feira), partimos de regresso ao Brasil.

Tivemos, em suma, uma excelente estada no país irmão Argentina. E, na próxima viagem, querendo Deus, posaremos ao lado de Maradona. 

A impressão que tivemos do nosso país vizinho é que a Argentina, em sua região norte, na parte que faz fronteira com o Brasil é uma zona muito pobre, em contraste com a região da província de Buenos Aires, além da própria Ciudad Autónoma de Buenos Aires, que são áreas muito prósperas. 


Buenos Aires, em si, já nas décadas de 40, 50 e 60, nada ficava a dever a Paris, Londres, Nova Yorque. Basta a gente saber que o metrô de Buenos Aires tem mais de cem anos de existência. Por isso, há relativamente poucos ônibus nas ruas, facilitando a mobilidade urbana de sua população.



Além do mais, o que realmente mais impressionou a todos nós, em especial este escriba, foi o patriotismo dos nossos irmãos portenhos, que é materializado em forma de bandeiras alvi-azuis em toda parte. A excelente apresentação noturna da casa Sr. Tango, por exemplo, encerra com artistas cantando "Não chores por mim, Argentina", em homenagem a Evita Perón, um verdadeiro ícone argentino, lembrada até hoje. A isso soma-se as bandeiras argentinas, que descem ao final num show de raríssima beleza.

Gostaria que os brasileiros fossem a metade patriotas como o irmão portenho. Parabéns, irmãos argentinos, pelo patriotismo e por tudo. E que a rivalidade entre brasileiros e argentinos se resuma apenas ao futebol.

Desculpe, Maradona!!! 

Hasta la vista, hermanos!!!

BAITACA: Lida campeira


CLUBE do Remo



sexta-feira, 20 de setembro de 2013

ATRIZES globais de luto


Atrizes Carol Castro, Rosamaria Murtinho, Nathália Timberg, Suzana Vieira e Barbara Paz, da novela Amor à Vida, posaram consternadas, e de preto, em protesto contra a decisão do ministro Celso de Mello, que assegurou a alguns réus da Ação Penal 470 a primeira oportunidade de defesa; pelo jeito, as atrizes não têm apreço pelas liberdades e garantias individuais; já houve um tempo em que as atrizes brasileiras lutavam contra a ditadura; hoje, elas parecem querem o arbítrio judicial.
É a Rede Globo, que continua tentando fazer a cabeça do eleitor brasileiro. Não bastou o Collor?!
ATRIZES Carol Castro, Rosamaria Murtinho, Nathália Timberg, Suzana Vieira e Barbara Paz, da novela Amor à Vida, posaram consternadas, e de preto, em protesto contra a decisão do ministro Celso de Mello, que assegurou a alguns réus da Ação Penal 470 a primeira oportunidade de defesa; pelo jeito, as atrizes não têm apreço pelas liberdades e garantias individuais; já houve um tempo em que as atrizes brasileiras lutavam contra a ditadura; hoje, elas parecem querem o arbítrio judicial.

Quase sem maquiagem, e vestidas de preto, elas encaram a câmera. De Carol Castro, campeã da “Dança dos Famosos”, parte um olhar indignado. De Rosamaria Murtinho, um ar sério, que parece mirar o abismo. Nathália Timberg lança uma lâmina afiada para quem a encara. De Suzana Vieira, vem um ar consternado. E Bárbara Paz, com lápis preto sob os olhos, faz um pose dark.
As atrizes globais, que fazem parte do elenco de Amor à Vida, de Walcyr Carrasco, não posaram juntas para promover um filme de terror ou a versão brasileira do filme “A família Adams”. Elas estão em luto porque o ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal, garantiu a alguns réus da Ação Penal 470 a primeira oportunidade de apelação no, segundo a Globo, “julgamento do século”.

Já houve um tempo em que atrizes se uniram em defesa da liberdade e lutaram contra uma ditadura, como na imagem abaixo:
image
Nos anos de chumbo, atrizes protestavam contra o arbítrio

Hoje, as globais se unem em defesa do arbítrio e do atropelo ao direito de defesa. A sorte é que a opinião delas não tem a menor importância. A foto de 1968 entrou para a história. A de agora ficará restrita ao Instagram de Barbara Paz. (Esmael Morais, Curitiba - PR, Brasil)

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

FENÔMENO Azul!!!


LEÃO Azul classificado. Que venha o Flamengo!!!

Que venha o flamengo!
Ontem à noite, 18set.2013, Remo 2 a 1 no Vitória.

FALO porque tenho boca: Jornalistas de uma das maiores redações do Norte param em greve histórica

Trabalhadores do Diário do Pará reivindicam o estabelecimento de um piso salarial mais justo, implantação do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração e pagamento de hora-extra, entre outros direitos

Senador Jáder Barbalho
EU PODERIA comentar essa notícia com muito orgulho, pela capacidade e força de mobilização dos meus colegas. Mas confesso que, apesar delas, no fundo, sinto é tristeza e revolta de ver que um grupo de comunicação de posse de um senador da República precisa chegar ao extremo de uma greve para reconhecer direitos básicos de trabalhadores, como o pagamento do piso salarial.

Nós, jornalistas, quase nunca somos notícia. E quando a somos, é porque fomos vítimas de nossas pautas: agressões em protestos, traficantes que nos descobriram numa cobertura, político que mandou nos executar por vingança de uma denúncia. Nossas dores diárias nunca são notícia. A sociedade não imagina que por trás do glamour do jornalismo, somos mal pagos, contratados de forma precária, não temos plano de carreira e, raras vezes, temos plano de saúde e ganhamos adicionais noturno ou de periculosidade.

Muito corajosa a luta que os colegas de Belém estão travando na campanha Jornalista Vale Mais, iniciada pelo Sindicato dos Jornalistas do Pará (SINJOR), e que no último mês realizou atos em frente a redações de jornais e emissoras de televisão. Já há demitidos no Diário do Pará em retaliação ao movimento, mas eles seguem firmes e chegaram hoje à paralisação.

É isso aí, galera! Parabéns pela coragem de lutar por vocês e por toda uma categoria que, historicamente, aguentou calada tantas dores. 


Informações oficiais sobre a greve podem ser encontradas na fanpage do movimento: https://www.facebook.com/grevediarioedol

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

EDUARDO Guimarães: Democracia 6 X 5 Ditadura

Adicionar legenda

OS MINISTROS do Supremo Tribunal Federal que votaram contra embargos infringentes ficaram em situação extremamente difícil com o voto do decano daquela Corte, o ministro Celso de Mello. O voto dele foi um tapa na cara dos seus pares que votaram contra os embargos infringentes, muitas vezes afetando uma “ira santa” falsificada.

Anote essa data, leitor: 18 de setembro de 2013 foi um grande dia para a democracia brasileira. Celso de Mello pisoteou tudo o que a mídia fez, nos últimos dias, contra o direito constitucional conhecido, tecnicamente, como embargos infringentes.
Gente que se diz “jornalista”, tal como os colunistas Augusto Nunes, da revista Veja, e Merval Pereira, de O Globo, chamou esses direitos civis e fundamentais de “velharia jurídica” e “tecnicalidades”.

E AGORA, ministro Celso de Mello?

Celso de Mello faz defesa enfática dos embargos infringentes



Mas isso foi há pouco mais de um ano atrás. Será que ele mudou de opinião? Saberemos nesta quarta-feira à tarde.

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

COBRA que estava mergulhada em álcool há 3 meses ataca mulher na China

Na Ásia, é comum beber uma espécie de licor de serpente para curar alguns problemas de saúde. O problema é quando o animal continua vivo...

 


Cobra que estava mergulhada em álcool há 3 meses ataca mulher na China

Fonte da imagem: Reprodução/RocketNews24

ASIÁTICOS e seus métodos curiosos de garantir uma boa saúde. Talvez você não saiba, mas é comum que nos países daquele continente algumas pessoas consumam um licor feito de cobra embebida em uma espécie de álcool. Acredita-se que a estranha bebida tenha poderes de revitalização e faça muito bem à saúde, de um modo geral. Não é incomum, portanto, que muitas pessoas tenham cobras em conserva em suas casas. Para consumo.

domingo, 15 de setembro de 2013

EVANGELHO do Domingo: "Pois este meu filho estava morto e tornou a viver; estava perdido e foi encontrado"

O retorno do filho pródigo
O Filho pródigo retorna ao Pai.
JESUS disse também: "Um homem tinha dois filhos. O mais moço disse a seu pai: Meu pai, dá-me a parte da herança que me toca. O pai então repartiu entre eles os haveres. Poucos dias depois, ajuntando tudo o que lhe pertencia, partiu o filho mais moço para um país distante, e lá dissipou a sua fortuna, vivendo dissolutamente. Depois de ter esbanjado tudo, sobreveio àquela região uma grande fome e ele começou a passar privações. Foi por-se ao serviço de um dos habitantes daquela região, que o mandou para os seus campos guardar os porcos. Desejava ele fartar-se das vagens que os porcos comiam, mas ninguém lhas dava.
"Entrou então em si e refletiu: Quantos empregados há na casa de meu pai que têm pão em abundância... e eu, aqui, estou a morrer de fome! Levantar-me-ei e irei a meu pai, e dir-lhe-ei: Meu pai, pequei contra o céu e contra ti; já não sou digno de ser chamado teu filho. Trata-me com a um dos teus empregados. Levantou-se, pois, e foi ter com seu pai. Estava ainda longe, quando seu pai o viu e, movido de compaixão, correu-lhe ao encontro, lançou-se-lhe ao pescoço e o beijou. O filho lhe disse, então: Meu pai, pequei contra o céu e contra ti; já não sou digno de ser chamado teu filho. Mas o pai falou aos servos: Trazei-me depressa a melhor veste e vesti-lha, e ponde-lhe um anel no dedo e calçado nos pés. Trazei também um novilho gordo e matai-o; comamos e façamos uma festa. Este meu filho estava morto, e reviveu; tinha se perdido, e foi achado. E começaram a festa.
"O filho mais velho estava no campo. Ao voltar e aproximar-se da casa, ouviu a música e as danças. Chamou um servo e perguntou-lhe o que havia. Ele lhe explicou: Voltou teu irmão. E teu pai mandou matar um novilho gordo, porque o reencontrou são e salvo. Encolerizou-se ele e não queria entrar, mas seu pai saiu e insistiu com ele. Ele, então, respondeu ao pai: Há tantos anos que te sirvo, sem jamais transgredir ordem alguma tua, e nunca me deste um cabrito para festejar com os meus amigos. E agora, que voltou este teu filho, que gastou os teus bens com as meretrizes, logo lhe mandaste matar um novilho gordo! Explicou-lhe o pai: Filho, tu estás sempre comigo, e tudo o que é meu é teu. Convinha, porém, fazermos festa, pois este teu irmão estava morto, e reviveu; tinha se perdido, e foi achado." (Lucas 15, 11-32)

Salve Maria!
Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!  
(BODAS de Caná, 2Vizinhos - PR)

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

AGEU Sabiá, o gordinho artilheiro dos anos 1990


No estilo Walter, Ageu Sabiá era o 'gordinho artilheiro' da década de 90

Ex-atacante com passagem por Remo, Paysandu e Tuna era desengonçado, com as pernas finas e tinha uma barriga um tanto avantajada

Por Belém
 
Adicionar legenda

DESENGONÇADO, com as pernas finas e uma barriga um tanto avantajada, o que rendeu o apelido de Sabiá. Para muitos, à primeira vista, Ageu poderia ser tudo, menos um jogador de futebol. Mas bastavam alguns minutos em campo para o atacante mostrar que era um artilheiro nato, capaz de pegar a bola na linha intermediária, deixar os zagueiros no chão e sair para comemorar o gol com a torcida. Hoje com 46 anos, Ageu Sabiá se diverte contando as histórias que o transformaram um dos maiores mitos do futebol paraense.

Artilheiro por dois anos seguidos do Campeonato Santareno de 1986/87, Ageu chamou atenção do diretor Walter Abél, da Tuna Luso, que tinha viajado a Monte Alegre-PA. Assim que viram o biotipo do atleta, até então desconhecido, jogadores, comissão técnica e até os repórteres que cobriam o dia a dia do clube riram e se perguntavam: como uma pessoa acima do peso poderia se aventurar a jogar profissionalmente?

- No início foi muito difícil. A desconfiança era muito grande. Ninguém acreditava no meu potencial. Mas bastaram os primeiros treinamentos para que eu provasse o contrário. Quando viram que, mesmo tendo uma barriga saliente, eu conseguia fazer as jogadas de velocidade e finalizar com precisão, as pessoas começaram a me respeitar. Costumo dizer que jogador habilidoso, velocista, inteligente e, claro, gordinho, só existe um: Ageu Sabiá – conta, sem cerimônia.
Ageu se diverte (Foto: Gustavo Pêna)
Ageu Sabiá nunca abriu mão de refrigerante com
pastel (Foto: Gustavo Pena)

Com 1,67m de altura, Ageu afirma que o seu peso ideal era de 65 kg, mas que chegava a entrar em campo pesando 75 kg. De acordo com ele, esses 10 kg a mais não atrapalhavam em nada na hora da partida. Sabiá confessa que a alimentação nada saudável ajudava no ganho de peso. O jogador adorava comer hambúrguer, churrasco, pastel, refrigerante e ainda se aventurava em tomar alguns copos de cerveja.

- Eu deixava os treinamentos e atravessava a rua para comer hambúrguer. Se não tinha, o jeito era comer pão com manteiga e refrigerante. Aquela cervejinha também não podia faltar. Os preparadores físicos sabiam disso, mas não me questionavam, pois tinham consciência que dentro de campo eu me garantia. Eles não me botavam para correr seis quilômetros igual os outros. Eu fazia treinos específicos. No campo, corria 100 metros em dez segundos. Poucos jogadores conseguiam isso.

Da Tuna, Ageu jogou no Paysandu, onde ajudou os bicolores a conquistarem o acesso à Série B em 1990, mas foi no Clube do Remo que o atacante ganhou a fama de “carrasco”, principalmente quando enfrentava o Papão. No Leão, o jogador foi o artilheiro no pentacampeonato estadual e um dos principais personagens no tabu de 33 jogos de invencibilidade no clássico Re-Pa.

- Respeito o Paysandu, tenho carinho pela Tuna, mas sou torcedor do Remo. Meu diferencial era fazer gol em Re-Pa. Podia passar muitos jogos sem fazer gol, mas bastava fazer um no Re-Pa que a gente era rei. Sou um dos maiores artilheiros do clássico, com 48 gols. Jogando pelo Remo, em 1993, ficamos entre os oito melhores times da Primeira Divisão, comigo disputando a artilharia da competição. Guardo na memória um gol que marquei pelo Leão, diante da Desportiva, do Espírito Santos, quando driblei todo mundo e o meu gol foi eleito o mais bonito no programa Fantástico.

Em 1993, a gente iria enfrentar o Goiás no Serra Dourada e um repórter veio me dizer que era difícil ganhar deles lá dentro. Eu só fiz responder: ‘Difícil é dar rasteira em cobra e cachuleta em jabuti. O resto é fácil’"

‘O cavalo é barrigudo e também corre’

Folclórico, Ageu Sabiá é cheio de histórias engraçadas e frases de efeito que ficaram marcadas em razão da barriga avantajada. A mais conhecida delas aconteceu em 1993, quando Remo e Portuguesa se enfrentaram no Estádio do Canindé, pelo Brasileiro.

- O repórter veio me entrevistar e perguntou como eu poderia correr com aquela barriga toda. Olhei para ele e disse: ‘O cavalo é barrigudo e também corre’. Também em 1993, a gente iria enfrentar o Goiás no Serra Dourada, e um outro repórter veio me dizer que era difícil ganhar deles lá dentro. Eu só fiz responder: ‘Difícil é dar rasteira em cobra e cachuleta em jabuti. O resto é fácil’. Eu desembarcava do ônibus para treinar e as pessoas pensavam que eu era o roupeiro do time. Eu deixava pensarem e respondia dentro de campo. Todo mundo ficava boquiaberto quando marcava os gols.

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

CLUBE do Remo tem escudo mais moderno

Remo divulga novo escudo com toque de modernidade



Remo lança novo escudo
Este escudo será usado a partir de 2014 pelo Clube do Remo

RENOVAÇÃO! Esta é a palavra de ordem no Remo que, na noite deste terça-feira, dia 10set., apresentou o novo escudo do clube no perfil oficial do clube nas redes sociais. O novo emblema do Leão recebeu toques de modernidade, mas também recordou aos traços tradicionais. 

Mais boleado e mantendo as seis estrelas – referentes ao pentacampeonato paraense e ao título da Série C do Brasileiro em 2005. A novidade será utilizada no uniforme da equipe na próxima temporada, durante a campanha do Campeonato Paraense.
(Remo 100%, Belém - PA, Brasil)

Segundo 0 internauta Jairo Neder Monassa, as 5 estrelas não são em homenagem ao pentacampeonato da década de 1990 e sim alusivas a 5 (cinco) tricampeonatos. Fica aqui o registro.

Este blogueiro, pessoalmente, é de opinião que as estrelas são dispensáveis, ficando o espaço reservado para uma conquista de maior peso.
Ave! Filho da Glória e do Triunfo!!!

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

DUOVIZINHENSES fazem arte em pontos de ônibus


Pontos de ônibus estão virando obras de arte nas estradas da microrregião de DV



QUANDO você está viajando, muitas vezes não percebe a presença dos pontos de ônibus instalados pelo Departamento de Estradas e Rodagem (DER) na beira das estradas. Todos de concreto, eles são um espaço pensado para proteger (do sol ou chuva) quem precisa esperar pelo transporte coletivo. Um grupo de duovizinhenses, no entanto, percebeu neles um bom local para expressar a arte do grafite. O trabalho, que começou como brincadeira, está se tornando sério, ganhando patrocinadores e pensando grande: colorir todo o Sudoeste do Paraná. 

"Antes eram só os pontos ali, sujos ou pichados. Começamos pintando um para o lado de Cruzeiro do Iguaçu, de brincadeira, para tirar as pichações que tinham neles. A galera curtiu, gostou e deu bastante repercussão nas redes sociais. Daí nós começamos a dar uma profissionalizada. Conseguimos patrocínios de tinta, fizemos os pontos e agora estamos fazendo os vídeos para ver se conseguimos levantar fundos com as empresas pra continuar e aumentar o projeto. O grafite é a ferramenta para transmitir uma mensagem mesmo. A ideia é fazer com que as pessoas fiquem mais cultas, trazendo esse tipo de arte para a região", diz Eiguel Ribeiro, publicitário e um dos responsáveis pelo projeto. 

O grupo já tem autorização do DER de Pato Branco e agora busca também a liberação para trabalhar na região de Francisco Beltrão. "A ideia inicial era inserir essa arte urbana para um público que dificilmente teria contato com o grafite. Hoje em dia, nem nas capitais é muito encontrado esse tipo de arte, já que é tudo proibido por causa da pichação. Aqui, estamos conseguindo tornar os pontos mais atrativos e levar um pouco de arte para a população", completa Eiguel. Os pontos de ônibus conquistam, principalmente, as crianças. "Um empresário até veio me falar que o filho dele sempre vinha dormindo na estrada entre São Jorge e Dois Vizinhos, mas agora ele fica acordado para ver se tem pontinho novo, desenho novo."

Eiguel posa em frente ao ponto do ‘Chapeleiro Maluco’.

Um dos sucessos entre os pontos de ônibus já pintados foi o Chapeleiro Maluco, feito para arrecadar tintas. "Essa foto atingiu duas mil e poucas curtidas no Facebook e marcou nossa campanha para conseguir as tintas. A própria escolha do Chapeleiro Maluco tem motivo. Não é só a cor, mas o Chapeleiro é um dos personagens da Alice (no País das Maravilhas) e a ela é uma metáfora do mito da alquimia. A história antiga contava que o alquimista estava buscando a pedra filosofal nesse mundo imaginário e ele vê um coelho com roupas de traje e cartola, vai atrás e acaba caindo no buraco. É a história da Alice que se mistura com a da alquimia. A gente escolheu esse personagem que é bem simbólico", explica. Entre os homenageados, estão também o personagem Mário Bross, Pink Floyd e os desenhos Bob Esponja e South Park. 

SETE ataques químicos que os EUA se negam a comentar

Às vésperas de uma possível ação militar sob a justificativa de uso de armas químicas, relembre episódios que Washington não faz questão de citar:

 

1. O Exército norte-americano no Vietnã. Durante a guerra, no período de 1962 até 1971, as Forças Armadas dos EUA despejaram cerca de 20 milhões de galões – 88,1 milhões de litros aproximadamente - de armamento químico no país asiático. O governo vietnamita estima que mais de 400 mil pessoas morreram vítimas dos ataques; 500 mil crianças nasceram com alguma deficiência física em função de complicações provocadas pelos gases tóxicos. E o dado mais alarmante: mais de um milhão de pessoas têm atualmente algum tipo de deficiência ou problema de saúde em decorrência do Agente Laranja - poderosa arma química disparada durante o conflito.


Aviões norte-americanos sobrevoando território do Vietnã


2. Israel ataca população palestina com Fósforo Branco. Segundo grupos ligados aos direitos humanos - como Anistia Internacional e Human Rights - o material altamente venenoso foi disparado em 2009 contra civis de origem palestina em território israelense. O Exército negou na época o uso de armas químicas. No entanto, alguns membros das Forças Armadas admitiram os disparos.

terça-feira, 10 de setembro de 2013

MULHERES bêbadas urinam em cemitério!


DOS mujeres borrachas se detienen a orinar en un cementerio. La primera en orinar no tenía con qué secarse; por lo tanto, agarra su tanga, se seca y la tira.

La segunda, que tampoco tenía nada con qué secarse, pensó:"yo no voy a tirar mi tanga... carísima!, de Victoria's Secret". Entonces, agarra la cinta de una corona que estaba encima de una tumba y la coloca dentro del tanga para no mojarla...

Al día siguiente, uno de los maridos llama al otro y le cuenta:

- Mi mujer llegó anoche a casa borracha y sin tanga... terminé con mi matrimonio!

Y el otro le responde:
 
- Tuviste suerte amigo!!! ¡La mía me salió más puta!, llegó a casa borracha y con una cinta en el culo que decía:
 
¡Jamás te olvidaremos! Con cariño: Antonio, Carlos, Pepe y toda la Universidad de Ingenieria!!!

Durma-se com um barulho desses!

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

BLOGUEIRO destaca esquema da CBF com advogado

CBF e o “esquema” com o advogado Osvaldo Sestario


sestario

DESDE o início do ano, a CBF vende aos clubes como benefício emprestar o advogado Osvaldo Sestario para defende-los, com honorários pagos pela entidade.

O profissional sempre foi conhecido como “Porta de STJD”, em alusão aos advogados “porta de cadeia”, que ficam nas delegacias mendigando clientes.

Todos os clubes da Série B (menos Palmeiras), C e D podem se utilizar da “sugestão” da CBF, que, a princípio, aparenta ser uma moleza.

Porém, além do claro conflito de interesses de ter um advogado defendendo dois ou mais clubes que podem, eventualmente, entrar em diversos conflitos entre si, ou terem divergências de posicionamento, há o “Pulo do gato”, em que muito dinheiro está realmente envolvido no negócio.

Trata-se da informação privilegiada, exatamente por ter acesso a todos os clubes, do sistema de cobrança dos direitos de formação de atletas.

Sestario vem atropelando diversos advogados militantes há anos no futebol nesse tipo de cobrança, com aval e até possível sociedade dos dirigentes da CBF.

Um negócio milionário e que costuma passar absolutamente despercebido da imprensa em geral. (Blog do Paulinho)

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

ARENA Baenão ainda é uma maquete, um sonho. Mas é um sonho viável

Diretoria apresenta maquete da “Arena Baenão”

Arena Baenão
Maquete da futura Arena do Leão Azul

A NOITE desta terça-feira (03set.) foi histórica para o Clube do Remo. Na sede social do clube, na Avenida Nazaré, a diretoria azulina apresentou o projeto do “Novo Baenão”, cujas obras já começaram e tem previsão para terminar até o mês de janeiro. A reforma do estádio remista acontecerá com ajuda da multinacional Ambev, em acordo firmado na última semana.

Entre as principais mudanças está a troca de todo o gramado, nova iluminação geral, instalação de alambrados de acrílico e novos camarotes. O engenheiro e arquiteto Aurélio Meira, responsável por desenhar a nova estrutura e assíduo frequentador do Baenão, acredita que o torcedor sentirá orgulho e segurança ao visitar a praça esportiva reformada.

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

LÁGRIMAS de crocodilo

Lacrimi de crocodil

Segundo a blogueira romena Teodora Petrescu, soa hipocrisia a atitude do cidadão desta foto
Foto nu am mai pus poza cu copii muscati de caini si caini cu botul insangerat.
(Teodora Petrescu, Romênia)

FOTOGRAFIA usada por Kerry para 'demonstrar' ataque químico teria sido tirada no Iraque há 10 anos

NA REALIDADE a imagem foi captada pelo fotógrafo italiano Marco Di Lauro no Iraque faz 10 anos, em 23 de maio de 2003. O instantâneo é de um grupo de cadáveres que foram encontrados em Al Musayyib e trasladados a um colégio de Bagdad, onde uma criança salta sobre os corpos envoltos em lençóis brancos.
A fotografia apresentada pelo Secretário de Estado estadunidense John Kerry à imprensa para “demonstrar” o ataque com armas químicas na Síria, não foi tirada nessa nação e corresponde a vítimas da agressão estadunidense ao Iraque há uma década. 

A mesma fotografia também foi usada pela rede britânica BBC, mas havia sido usada antes para ilustrar o massacre de Houla na Síria, em maio do ano passado.
sana039
Esta foto foi usada pela rede BBC em 27maio2012, ou seja, a mesma usada pelo governo dos EUA
Esta foto também foi usada pela rede de televisão Al-Jazeera para ilustrar uma reportagem sobre uma suposta matança de civis em Deir Baalbeh, na província de Homs na Síria. 

Uma vez mais, e sem o menor escrúpulo, o governo dos EUA e a mídia ocidental recorrem a mentira e a fraude para manipular a opinião pública e justificar suas agressões, neste caso contra o povo da Síria.
(COM TEXTO Livre)