domingo, 31 de maio de 2015

MEMÓRIAS azulinas!

Baenão lotado!


Por Rocildo Oliveira, via Facebook


ESSA IMAGEM me fez voltar no tempo: o nosso Baenão em noites de gala, de glórias. Palco mais que sagrado do futebol paraense, gramado castigado pelo tempo, testemunha singular dos grandes encontros, tapete verde onde desfilaram sua classe, as maiores lendas do futebol brasileiro e até mundial. Pelé o Rei, Eusébio o Príncipe, e todos os súditos de uma realeza imponente, que encantaram todos os amantes do esporte bretão. O nosso palco, a nossa casa, que a partir do ano de 1972, 13set.1972, com um histórico Remo x Vasco, passou a receber oficialmente as maiores e mais tradicionais equipes do nosso futebol.

Os grandes craques, que aqui vinham de tempo em tempo, a partir daquele momento, para conquistarem seus objetivos, seus títulos, suas glórias, precisavam dentro de um estádio sempre lotado, enfrentar um Clube tradicionalíssimo no Norte e sua sempre presente e apaixonada torcida, e que a partir dali, passavam a ser reconhecidos e respeitados em todo o Brasil. O caldeirão pulsava no compasso ritmado, homogêneo de time e de milhares e milhares de torcedores, e todos tinham a certeza de que na nossa casa, escudado por uma imensa e apaixonada nação, o mais querido se tornava quase imbatível.

Digo que não existe no nosso Estado, um estádio que tenha recebido dentro de suas sempre pulsantes instalações, na sua cancha de jogo, uma quantidade tão expressiva de grandes craques. Todos tiveram que desfilar sua classe, sua categoria, sua malícia, e brindar a maior torcida do Norte com épicos duelos, que entraram para a história do nosso futebol.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADO por comentar e volte sempre ao BLOGUE do Valentim!