quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

MEMÓRIAS Azulinas

Leão Azul inaugura o estádio Leônidas Castro, do Paysandú


Por Rocildo Oliveira, via Facebook

OS LISTRADOS estavam empolgados. Após algumas dezenas de anos, eles perceberam que o estádio deles deveria ser oficialmente batizado.

Burburinho daqui , burburinho dali, os nomes iam surgindo e os debates se intensificando. O Presidente bicolor Paulo Castro defendia o nome do remista Jarbas Passarinho, pois julgava Paulo que ninguém teria ajudado financeiramente mais o listrado do que o Ministro remista. Mas uma outra corrente dentro do clube não se sentia à vontade para batizar a conhecida Curuzu, homenageando um ilustre azulino. Após uma reunião, os diretores listrados bateram o martelo e o nome escolhido foi "Leônidas Castro".

Tudo certo, festa preparada, faltando apenas o adversário para jogar contra os alvi-azuis e inaugurar a nova Curuzu, ou melhor, o estádio Leônidas Castro. E o escolhido foi o Clube do Remo. Nada como um grande clássico para eternizar um grande momento. E no dia 2 de fevereiro de 1974, eles, além do batismo da Curuzu, comemoravam os 60 anos de fundação do Listrado, e lá estava o Mais Querido participando da festa, em mais uma jornada frente aos eternos fregueses.

E no final de toda festança, com dois gols do Gigante Alcino, o Leão Azul venceu os listrados por 2 a 1, carimbando com uma vitória o batismo da Curuzu, e de quebra ainda levou um troféu para a galeria azulina, eternizando para sempre o batismo de fogo do novo estádio alvi-azul. Fomos o primeiro Clube a vencer uma partida no Leônidas Castro, o nosso gigante marcou o primeiro gol, e como já disse, de quebra conquistamos o primeiro troféu colocado em disputa na nova praça esportiva.

Uma freguesia que já vem de longas e longas datas. Um feliz Natal a toda família azul, e que todos os presentes venham por todo o transcorrer do ano de 2016. 

Salve o filho da gloria e do triunfo.








Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADO por comentar e volte sempre ao BLOGUE do Valentim!