segunda-feira, 17 de outubro de 2016

CLÁSSICOS do Valentim

Gal Costa e Caetano Veloso: Que Pena, 1968




ELA já não gosta mais de mim
Mas eu gosto dela mesmo assim
Que pena, que pena

Ela já não é mais a minha pequenaQue pena, que pena
Pois não é fácil recuperar
Um grande amor perdido

Pois ela era uma rosa
Ela era uma rosa
E as outras eram manjericão
As outras eram manjericão
Ela era uma rosa
Ele era uma rosa
Que mandava no meu coração
Coração, coração, coração
Ela já não gosta mais de mim
Mas eu gosto dela mesmo assim
Que pena, que pena
Ela já não é mais a minha pequena
Que pena, que pena
Mas eu não vou chorar
Eu vou é cantar
Pois a vida continua
Pois a vida continua
E eu não vou ficar sozinho no meio da rua
No meio da rua
Esperando que alguém me dê a mão
Me dê a mão, a mão
Ela já não gosta mais de mim
Mas eu gosto dela mesmo assim
Que pena, que pena
Ela já não é mais a minha pequena
Que pena, que pena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADO por comentar e volte sempre ao BLOGUE do Valentim!